Os jogos digitais são objeto de atenção e empolgação da maioria das crianças. Mas já pensou que eles podem ser uma atividade familiar para unir diversão, contato entre pais e filhos e até educação? Neste artigo, vamos falar de algumas curiosidades do Minecraft que confirmam essa ideia.

Você vai entender um pouco sobre o funcionamento desse game e descobrir que imergir nesse universo com as crianças pode resultar em momentos muito proveitosos. Continue a leitura e confira!

O que é o jogo Minecraft?

O Minecraft é um jogo eletrônico para computadores e celulares que vem ganhando cada vez mais popularidade entre crianças e adultos. A dinâmica dele consiste em sobrevivência, coleta de itens, construção de objetos e exploração de cenários. Tudo isso com um design pixelado que pode causar bastante nostalgia aos adultos que jogavam games na infância.

Uma das curiosidades do Minecraft é que ele é bem leve, justamente por conta dos gráficos em pixels e, por isso, não exige um aparelho com muita memória. Assim, é um game democrático e acessível. Além disso, ele atende crianças, jovens e adultos em seus diversos níveis de dificuldade.

É possível jogar no modo básico de sobrevivência ou em um modo hard – mais difícil com apenas uma vida. O jogador também pode optar pelo modo de criação, em que se torna responsável por construir cenários.

Quais curiosidades do Minecraft fazem dele um jogo para a família?

Jogar o Minecraft em família pode se transformar em um excelente ponto de conexão e diversão entre pais e filhos. Uma das curiosidades desse game eletrônico é que ele estimula a criatividade, já que possibilita a customização e simulação de realidades. Vocês podem deixar a imaginação fluir na hora de criar novas histórias, locações e personagens.

Para pais que percebem os filhos muito agitados, é bom saber que o jogo também ajuda muito no processo de atenção. Isso porque ele demanda cuidado na hora de tomar decisões e escolher a melhor estratégia. Como o game tem muitos níveis de complexidade, é possível passar horas com a atenção focada nas tarefas.

Mais uma curiosidade do Minecraft é que ele desenvolve o pensamento lógico dos jogadores, sejam crianças ou adultos. Desde os primeiros momentos do jogo, é preciso reunir os objetos certos e montá-los em prol de construir novos itens. Raciocinar como fazer fogo ou conseguir material para uma cama fazem parte do desafio.

Por fim, jogar Minecraft com os filhos pode ser o início do aprendizado sobre programação computacional. A versão educativa do game conta com a ferramenta Code Builder, em que jogadores podem alterar comandos e estabelecer as próprias regras para o funcionamento do seu pequeno universo. Logo, os pequenos podem estar desenvolvendo os próprios códigos para editar o programa.

Se os jogos digitais fazem parte da rotina da maioria das crianças, por que não usá-los em família e em benefício do aprendizado e do desenvolvimento de competências? Esperamos que essas curiosidades do Minecraft estimulem vocês a explorarem esse rico universo.

Quer saber um pouco mais sobre como a relação entre crianças e jogos pode ser produtiva e promissora para o futuro? Leia nosso artigo que fala sobre como o desenvolvimento de games pode ser ensinado desde cedo.